Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

SÃO LÁGRIMASSSSSSSSSSSSS!!!!!

Hoje a minha filha verteu a sua primeira lágrima.

Espero que seja a primeira de muito poucas. E que eu as possa secar e fazer esquecer rapidamente.

 

Chorou de impaciência (sai à mãe, bem sei). A miúda não sabia se chorava de fome, de estar de rabo ao léu por lhe mudar a fralda ou de frio por estar o tempo que está!

Eu já me vou habituando ao choro, mas confesso que ainda transpiro um bocado quando ela chora até ficar vermelhinha. Quanto mais ela chora, maior vai ficando o nó no estomago e o aperto no peito. Hoje até a peguei ao colo antes de lhe colocar a fralda. Escusado será dizer que me encheu de xi-xi... mas ao menos parou de chorar e ficou a olhar para mim com aquela cara de espanto como a dizer: "nem acredito que me pegaste ao colo sem fralda, mãe... ganda maluca!"

 

Será de ser o meu primeiro filho? Não sei... mas a necessidade de a ver sempre feliz, satisfeita e tranquila sobrepõe-se a qualquer conselho que implique "deixar chorar".

 

Mas, sim... admito que erro por ceder facilmente ao choro da minha filha. Tanto eu como o pai não conseguimos ficar indiferentes à sua cara de sofrimento e ao beicinho que faz de cada vez que chora.

Estamos cá para pagar por todas as cedências que vamos fazendo ao longo do tempo...qualquer dia quem manda lá em casa é uma coisinha com 50 cm! :-)

 

Mas quem é que consegue contrariar uma carita destas?

 

 

 

E na verdade, já estou a pagar por ceder às exigências da minha piknina desde cedo!

E se a Sara só verteu a pimeira lágrima quase um mês depois de ter nascido, a mãe anda a deita-las fora quase todos os dias!!

 

É um facto... a minha vida por estes dias dava uma música do Zé Cabra!

São lágrimasssssssssssssssss!!! São lágrimasssssssssssssssssss!!!

(e assim mesmo, com aquele tom desafinado como unhas a arranhar um quadro de ardósia ou como quem levou uma facada nas costas e canta para se manter consciente enquanto o INEM não chega!!)

 

Para quem já passou pela experiência da maternidade e (principalmente) pela experiência da amamentação isto que eu vou dizer não é novidade: amamentar é muito lindo... mas nas mamas das outras!!!!!!!!!!!! LIVRA!!!

Se não fosse por ser a coisa mais saudável (e já agora grátis) que posso dar à minha filha, já tinha deixado de amamentar!

O meu peito está feito num oito e estou constantemente com dores. Se doi quando não estou a dar peito imaginem quando a ratinha Sara se põe a mamar e (às vezes, a safada) a chuchar na maminha... ui ui ui... são lágrimassssssssssssssssssssssss!!!

Bem sei que a experiência da amamentação não deve ser algo doloroso, se for bem feito: o bébé tem de saber encaixar a boca no mamilo e eu tenho de saber posicionar-me confortavelmente e agarrar a minha bébé de forma a que mame correctamente.

Pois é... mas como já dizia o ditado, "pau que nasce torto tarde ou nunca se endireita". Na maternidade ninguém se deu ao trabalho de me explicar como poderia dar de mamar da maneira correcta. Simplesmente disseram: "sente-se e dê de mamar". Simples né?

Parece, mas não é.

A Sara começou desde cedo a pegar mais na pontinha do mamilo, o que me dá umas dores terriveis. E faze-la mudar de posição é sinónimo de berreiro pegado.

Posto isto... que faço? Deixo-a berrar de fome ou sofro em silêncio? A resposta é fácil.

O tempo passa e os mamilos começam a sangrar. A dor cada vez é mais intensa e continua para lá das mamadas.

Que fazer? Lembro-me do conselho da minha colega e amiga Isabel: "compra umas tetinas de silicone... elas ajudam muito a aliviar a dor!"

Assim fiz...e de facto resultou!

A Sara aprendeu a mamar através delas e estava cada vez maior e mais gordinha!!

E eu podia respirar de alivio de cada vez que ia dar de mamar.

Só que o problema foi ter dado ouvidos a uma enfermeira do centro de saúde que me disse que as tetinas não eram o ideal, e que deveria gradualmente deixar de dar peito com elas, porque o contacto do bébé com a pele da mãe é importante... bla bla bla wiskas saquetas...

E eu, cumpridora (e burra) como sou, assim fiz. Gradualmente fui deixando de dar peito com as tetinas...até que a minha filha deixou de querer mamar com elas e o peito (pois tá claro) começou novamente a gretar e a doer!!

 

Depois de me queixar à pediatra, esta disse-me que não via problema nenhum em dar de mamar com recurso às tetinas... o pior é que a Sara já não lhes pega. Engasga-se e não tira o leite como deveria... fico com o peito cheio de leite e sei que ela não mama como deve ser.

Resultado: a mãe chora e a filha alimenta-se... sem tetinas!

Também já me disseram que ao fim de um tempo o peito fica "calejado" e deixa de doer... alguém me diz quando?Quando? Quando?????

Porque o Gretalvit não ajuda, o Purelan muito menos... as tetinas já eram e a minha filha não deixa de ter fome...antes pelo contrário!

 

No meio disto tudo o que vale é que ela mama com satisfação e está muito gordinha e grande... está bem fofa!!! :-)

 

Aqui fica uma foto depois de mamar... qual leitãozinho da bairrada!

 

 

O pior é que ainda por cima agora habituou-se a querer adormecer a mamar... é um facto: noutra encarnação, fui eu que crucifiquei Cristo... e foi nos pés que é onde lhe deve ter doído mais!!! Só pode!!!!!!!!!

 

Há que ter paciência, respirar fundo e ir à luta! é por uma boa causa!

 

Beijinhos e até um novo post!

Publicado por Marita às 16:05
Link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Mais sobre mim

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.Posts recentes

. Momentos

. EUROMILHÕES! EUROMILHÕES!

. ORA VEJAM SÓ!

. Desta vez é sobre mim...

. CONTAGEM DECRESCENTE

.Arquivos

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.Favoritos

. Minha filha, meu tesouro

. AI, O NATAL, O NATAL...

.Links

.subscrever feeds